segunda-feira, 25 de abril de 2011

A Sabedoria e a Simplicidade


A sabedoria e a simplicidade são amigas inseparáveis.

Onde uma está a outra sempre está acompanhada, aonde uma vai a outra sempre vai unida.
.
A simplicidade é uma das qualidades mais 'distantes' da humanidade atual, para uma mente complicada a simplicidade é incompreensível, tal mente tudo vê através de lentes embaçadas, cujas manchas formam imagens complexas como um conjunto de arte moderna neoplasticista, cubista ou surrealista ou fórmulas matemáticas inacessíveis para quase toda a humanidade e, por de trás desta teia que forma o véu de Maia, tudo é visto de maneira altamente confusa e difícil de se compreender.

A simplicidade é desconcertante para o ego, porque o eu autocentrado busca uma verdade que lhe seja árdua de ser encontrada, para que este encontro seja uma conquista sofrida, que lhe traga méritos e,  que portanto o diferencie dos "egos derrotados e fracassados", tornado-o assim especial.

Por esta razão os títulos acadêmicos são tão valorizados, os mestrados, os doutoradas, as graduações, os títulos como o de Ph.d ou de Dr. Honoris Causa. Por de trás destes títulos há sempre uma extensa biografia que ressalta as qualidades, competências e destaques deste eu autocentrado, detentor de verdades arduamente conquistadas!

E o fato mais paradoxal da sociedade moderna é que todo este saber acumulado, toda esta pseudo-sabedoria está conduzindo a humanidade ao colapso, ou seja, além da sociedade ser primitiva ainda é letal, como por exemplo, a tecnologia atual permite que os combustíveis poluentes sejam totalmente substituídos e, no entanto, interesses econômicos internacionais ainda obrigam indivíduos a usarem combustíveis sujos que trazem desequilíbrio ao planeta.

Sem simplicidade não há sabedoria.

A sabedoria constrói e mantém aquilo que a natureza demorou milhares de anos para erguer e edificar e enaltece os valores que verdadeiramente brotaram através da experiência e do insight da consciência humana.

A sabedoria humaniza e pacifica a inteligência no sentido de torná-la consciente das reações de causa e efeito que cada ação proporciona, desta forma, uma atitude construtiva e constantemente benéfica é colocada em atividade conduzindo a benefícios individuais e coletivos.

A sabedoria é como um manancial de águas cristalinas que se encontra disponível para todos nós, o único quesito necessário para usufruir desta graça é a boa vontade e a disposição de compartilhar desta fonte com tudo e com todos a nossa volta.

A sabedoria não pede nenhuma formação anterior e nem se quer a leitura de livros, pois se encontra disponível no cerne da Grande Vida que a tudo permeia e vivifica.

Quanto mais simples nos tornamos mais próximo estamos do manancial da sabedoria, crescemos de acordo com a nossa própria natureza e este crescimento não proporcionará somente benefícios próprios, mas todos a nossa volta se beneficiarão.

Quando um ser humano através da simplicidade e da sabedoria encontra a paz genuína que é fonte da verdadeira alegria, a consciência humana de todo o planeta torna-se mais alegre e pacífica.

Faço votos de que a sabedoria e a simplicidade também lhe sejam amigas inseparáveis, hoje e sempre!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente para compartilhar amorosamente aquilo que aqui amorosamente foi compartilhado!

Grato!

Seguidores