segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Liberdade significa viver além de todos os acontecimentos




Nada daquilo que parece acontecer, tem de fato, alguma coisa haver com aquilo que é você. 

Você é aquilo que não acontece e que não pode ser tocado por acontecimentos.

Acontecimentos são fenômenos de natureza temporal, que apenas aparecem para depois desaparecer.

Só uma ideia nascida de uma identificação, tomaria posse de um acontecimento, como se ele houvesse acontecido para você, que passa a fazer deste ocorrido uma história pessoal, e toda história pessoal não passa de uma sobreposição de uma ilusão a respeito daquilo que é você. 

Você não pode expressar quem você é, acreditando ter uma história pessoal, pois aquilo que é você, está além de todas as histórias, e como já dito, além de todos os acontecimentos...

Por qual razão, então, você se abalaria diante de um acontecimento? Se você puder apenas ser uma testemunha daquilo que acontece, ou simplesmente parece acontecer, não poderá sentir abalo algum, mas se você acredita que, todo acontecimento dá forma a sua história, então sem dúvidas, você estará encrencado, o sofrimento será inevitável. Ser alguém é sofrimento, e todo sofrimento precisa de uma história que o justifique.

Ou você deixa de dar importância a esta história que de fato, não é sua, ou você continuará se confundindo com acontecimentos, sofrendo por fatalidades e se alegrando com momentos prazerosos, vivendo esta falsa esperança de felicidade, tentando ter o controle sobre a realidade, determinando através dos seus esforços a repetição de momentos prazerosos e se esforçando ao máximo, para evitar que acontecimentos desagradáveis possam vir a tona, como se isso fosse possível, até porque no fundo, todo acontecimento é desagradável, porque mesmo o prazer, ele está apenas passando, é fugaz, não preenche, apenas lhe transforma num escravo, e como pode ser agradável, viver como um escravo? 

Toda a identificação dada para um acontecimento, dando-lhe uma identidade de um alguém presente no acontecimento, o torna desagradável, seja no prazer ou na dor. E todo acontecimento é apenas um acontecimento, quando não há alguém nele.

Liberdade significa viver além de todos os acontecimentos, de todo o ocorrido, liberdade significa viver sem histórias, liberdade significa viver sem dar identidade a manifestação da vida presente, só há liberdade nesta impessoalidade. A pessoa é e sempre será uma escravidão.


"Gratidão Eterna ao meu Mestre Marcos Gualberto"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente para compartilhar amorosamente aquilo que aqui amorosamente foi compartilhado!

Grato!

Seguidores