sexta-feira, 4 de julho de 2014

Um Perfeito Idiota Feliz


Um verdadeiro tesouro é tão raro e desconhecido, que é comum que ele passe desapercebido. É difícil reconhecer um tesouro que não te traga status no mundo...

A paz, que é ausência de conflito e medo, é um tesouro incrível, e se você vive este tesouro, você passa desapercebido no mundo...

A alegria sem motivos, que nasce deste contato direto com a vida, sem a separação entre uma entidade que vive a vida e a própria vida, com a sua essência, com a simplicidade do próprio viver, é um tesouro incalculável, que quando você o desfruta, é mais comum que te achem um perfeito idiota do que um alguém que está a desfrutar de uma riqueza...

O amor incondicional, livre de possessividade, de intenções, de barganhas e exigências, é um tesouro, que te revela que você é amor, e o amor te trás completude, e isto é irreconhecível e incompreensível para o mundo...

Os tesouros presentes neste "Estado Natural" não têm valor no mundo, não lhe dão destaque, status, poder, não te transforma em "alguém importante", ao contrário, te faz parecer um homem comum para todos, ou até mesmo medíocre...

Por isso, o real despertar é algo desapreciado, quem afinal está disposto a se tornar um nada? Um ninguém? Quem está disposto a morrer para todas as imagens, para todas as conquistas, para todas as bênçãos tão apreciadas no mundo? Quem está disposto a abandonar todo conhecimento, reconhecer este não saber, esta não necessidade de saber e se parecer assim um perfeito idiota feliz?



Seguidores