sexta-feira, 6 de maio de 2011

Espiritualidade Simples e Prática



Prezo por uma espiritualidade que seja simples e prática.

Que possa ser praticada no dia a dia, através de gestos simples, que conduza a leveza, a paz, a sabedoria, a força interior e a alegria.

Acredito que a paz e a alegria são excelentes termômetros para medir se estamos ou não no caminho. 

Neste sentido, é importante perguntamos durante a caminhada: estou em paz? Estou feliz? 

Se a resposta for negativa, talvez seja a hora de mudar de rumos.

O caminho é a jornada da inconsciência rumo a consciência plena, do sono profundo para o despertar, do medo animal para o amor incondicional, da separação para a reintegração.

Teorias só são importantes quando são capazes de nos conduzir a uma experiência, ou seja, se é possível colocá-la em prática para que a mesma possa auxiliar e nos trazer paz, serenidade e sabedoria, então ela é válida, mas se a mesma, tão somente conduz a especulação, a discussão de idéias, ao intelectualismo, então ela é vazia e não auxilia em nada para o despertar.

A controvérsia, a discussão, o debate de idéias é normalmente considerado muito válido e importante no âmbito político, mas esta dinâmica em nada contribui no caminho espiritual, neste caminho é importante compartilhar com aqueles que se encontram na mesma sintonia, ouvir com amorosidade, compreender o tempo em que cada um se encontra e as suas próprias razões, confiar no caminho e seguir adiante.

Conforme nos aprofundamos neste caminho, aquilo que a princípio parecia-nos obscuro e difícil de compreender começa a ser vislumbrado a partir da perspectiva da simplicidade, o que nos mostra, que se não compreendemos algo hoje é porque não está no nosso momento de compreendê-lo ou simplesmente aquilo não possui ressônancia em nós e nenhum significado e, portanto, não faz parte do nosso caminho.

Que esta jornada possa ser edificante, que possamos encontrar a luz em nós mesmos e em nossos semelhantes e que possas iluminar o caminho daqueles que também estão na busca, sejamos instrumentos da paz, de compreensão, de convergência e de união entre os povos.

O mundo está cansado de guerras religiosas, preconceitos, disputas, contradições, condenações e julgamentos  e  o que todos nós precisamos é de paz!

E este é o propósito desta espiritualidade simples e prática nos conduzir a paz, a alegria de sermos quem somos, a aceitação, a ajuda mútua, a fraternidade, a compaixão, a cooperação e o respeito a dignidade e a liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente para compartilhar amorosamente aquilo que aqui amorosamente foi compartilhado!

Grato!

Seguidores